A crise política e a falência dos municípios

A tendência da globalização é por um lado fortalecer o local, as cidades, e por outro enfraquecer as nações em detrimento de uma consciência global. Não resolveremos a crise política apenas nos voltando para Brasília. Nossas instituições precisam se moldar a essa nova realidade. Desde a promulgação da Constituição de 88, os municípios vêm perdendo…

A violência nas escolas não pode ser banalizada

Há uma questão que precede todas as outras no caso da professora agredida: a violência em sala de aula. Nenhum debate em torno do tema pode secundarizar essa questão. De acordo com os dados da Prova Brasil 2015, aplicada a diretores, alunos e professores de todo o país, mais de 4,7 mil professores já sofreram…

( )

Danço a dança da escrita, es(qu)crev(c)endo, não lembro o que ia falar, meus dedos livres nas teclas quadradas dessa noite sem fim, desse tédio imenso, dessa vida sem graça, nesse mundo tão cinza. Sambam os dedos na luz dessa tela, o toque da tecla, o som do teclado, o mesmo marasmo, a mesma vidinha, solidão…

“Pouca saúde, muita saúva, os males do Brasil são”

O Jeca acordou em 2013, extra, extra! Dormiu em seguida, como na década de 20, na de 60, regionalismo, modernismo, tropicalismo, #vempraruismo, acorda e dorme numa ditadura. Macunaíma quer falar, mas que preguiça, em meio a tantos gritos, discursos e ódios, faltam-lhe palavras, sobra silêncio, pede ao New York Times, The Guardian, Pero Vaz de Caminha.…